segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

“Balneário” Açude Grande

Adriano Couto

Todo verão é a mesma coisa, surgem denúncias e mais denúncias de pessoas que tornaram o nosso manancial em balneário, camping ou algo desta natureza! Isto é um absurdo! Ridículo! Somente gente tosca, medíocre, é capaz de banhar-se neste local, sabendo que vai beber desta mesma água posteriormente.

Imagina a criatura tomando banho, faz um xixi na água, ou se da uma dor de barriga no individuo, ou senão o cara foi com namorada dá uma “banda” no matinho e depois volta e lava as partes íntimas na água, depois na tua casa, tu pega a água para fazer comida ou botar na geladeira para tomar depois bem geladinha, tu tomaria esta água? Você que está lendo este texto deve ter ficado com nojo com certeza, mas infelizmente é o que acontece e o pior é que pagamos muito caro por esta água e de muito má qualidade. Ta certo que a água é tratada, mas mesmo assim ela pode ter um alto índice de coliformes fecais que podem causar muitas doenças, quem tem dinheiro compra água mineral para tomar, e o povão?

A Corsan como responsável pelo local deveria colocar um vigilante no local ou planejar alguma forma de coibir os banhos no Açude Grande, que é um verdadeiro desrespeito a comunidade butiaense.

Como estatal, a Corsan não deveria visar somente o lucro, mas sim prestar um serviço de qualidade, a água é muito cara, tem um gosto horrível, quando a mesmo não deveria ter gosto, cheiro e nem cor, tem muito cloro, quando estoura um cano na tua rua, leva muito tempo para mandar os operários irem consertar, enquanto desperdiçam-se muitos metros cúbicos de água potável, quando a mesma está se tornando cada vez mais escassa, chegará o tempo que haverá guerras por causa dela, valerá mais do que o petróleo, será uma espécie de ouro líquido. Realmente a instituição deixa muito a desejar e, além disso, parecem não se importar com a comunidade butiaenses que todo ano clama por solução quanto à questão dos banhos e a mesma pouco faz para resolver este problema, porém não esquecem de todo mês deixarem a fatura na caixinha do correio.

Também a Corsan não pode levar toda a culpa, é óbvio que este transtorno todo é causado por alguns “veranistas” butiaenses que gostam do “contato com a natureza” e acham que o Açude Grande é o local ideal para banho e camping. Isto é questão de cultura, ou melhor, falta dela, só alguém com déficit de inteligência e com qualquer coisa na cabeça, exceto cérebro é que pode tomar banho lá.

Este assunto é sério, é questão de saúde pública, se um dia você leitor estiver passando pelo local ou souber de alguém que está “desfrutando” do manancial, DENUNCIE! Avise imediatamente a Brigada Militar através dos telefones 190 ou 3652 1124.

Nenhum comentário:

Postar um comentário