terça-feira, 24 de janeiro de 2012

No combate ao alcoolismo igreja reclama: "uma garrafa de água é mais cara do que uma lata de cerveja"



O arcebispo de Saurimo, D. José Manuel Imbamba, criticou o alcoolismo entre a juventude angolana, um fenômeno que não poupa as mulheres grávidas.

Numa homilia recente, aquele prelado, disse que além do alcoolismo, constituem preocupação da Igreja católica, a situação do HIV-SIDA e os suicídios.

D. José Manuel Imbamba lamenta que, entre os jovens, o consumo de bebidas alcoólicas seja tão desgregrado, notando que "uma garrafa de água é mais cara do que uma lata de cerveja" o que, na sua opinião, mostra que "alguém está a empurrar as pessoas para o alcoolismo e, por isso, convida toda a Igreja e outras instituições sociais a refletirem seriamente sobre a questão e a tomarem medidas conducentes para travar aquele fenômeno.

Um dos aspectos mais dramáticos da situação do alcoolismo na Lunda do Sul é o fato de mesmo jovens grávidas competirem em concurso para ver quem mais bebe.

De acordo com informações fidedignas há grávidas que se apresentam na maternidade totalmente embriagadas.


Fonte: Ango Notícias/ Blog Libertos do Opressor

Nenhum comentário:

Postar um comentário