terça-feira, 19 de novembro de 2013

Gráfico mostra 463 contradições da Bíblia

O programador e designer Daniel G. Taylor criou o Projeto Bib Viz, um gráfico que mostra 463 contradições existentes na Bíblia. No gráfico, cada linha vertical azul representa um capítulo diferente da Bíblia, ordenado cronologicamente, enquanto os arcos vermelhos representam uma pergunta cuja resposta pode ser encontrada no livro. Essas perguntas lidam com questões triviais, como, por exemplo, “É correto usar perfume?” ou “É permitido comer carne?” e com as mais monumentais questões jamais formuladas pela humanidade, como “Deus criou o mal?”. Para saber a resposta – ou melhor, respostas, já que Taylor só apresenta as perguntas que têm mais de uma resposta na Bíblia – basta clicar num arco vermelho, digitar a pergunta numa caixa à esquerda ou tentar encontrá-la numa lista provida pelo site. O site por enquanto está disponível em inglês, mas ele contém uma ferramenta que permite que você mesmo traduza qualquer pergunta, que no futuro passará a ser disponibilizada no seu idioma.
Taylor afirma que o site é tanto para os céticos quanto para os fiéis que desejem conhecer melhor a Bíblia, mas é inegável que a visão do livro sagrado que o projeto apresenta é crítica. Além do gráfico com as perguntas, no site há outros que mostram o número de vezes que podem ser encontrados, em cada capítulo da Bíblia, versos que contêm absurdos científicos e erros históricos, crueldade e violência, misoginia, violência e descriminação contra a mulher e descriminação contra homossexuais. Só em Gênesis, por exemplo, o BibViz aponta 156 versos que considera degradantes às mulheres. Além desses gráficos todos, o site tem também links para livros sobre o ateísmo e alguns vídeos do YouTube que mostram debates sobre a fé, para não falar de alguns dados demográficos sobre as crenças dos americanos – como, por exemplo, o fato de que 45% deles acredita na versão criacionista de que a Terra foi feita por Deus e tem menos de 10.000 anos de idade.
Os dados do BibViz foram tirados de três outros sites americanos que buscam contradições na Bíblia, e sua maior novidade é a apresentação delas nesse gráfico interativo. E, caso você esteja interessado em saber qual era a cor da roupa de Jesus, saiba que Mateus afirmou que era escarlate, enquanto Marcos e João escreveram que era roxa – o que talvez não seja exatamente uma contradição, mas mais uma questão de ponto de vista.

Fonte: Site Literatortura

Nenhum comentário:

Postar um comentário