terça-feira, 5 de novembro de 2013

Jogador do Grêmio, Zé Roberto diz que está sendo barrado por levar a palavra de Deus


O ex-meia da Seleção declarou em um culto evangélico que se for esse o motivo, ficará para sempre na reserva


Uma das maiores contratações do ano passado no Grêmio, o meia Zé Roberto é apenas mais um no elenco comandado por Renato Gaúcho neste ano tanto no Brasileirão, como na Copa do Brasil. Conhecido pelo bom futebol, mas também por ser um ótimo orador, Zé Roberto declarou no último sábado, durante culto da congregação Encontros da Fé que pode estar sendo barrado por estar pregando a palavra de Deus.


“Um jornal publicou que o motivo de eu estar no banco de reservas do Grêmio é o fato de eu estar levando a palavra de Deus aos jogadores do Grêmio. Se o motivo é esse, então eu vou ficar o resto da minha vida no banco”, disse o meia em seu discurso aos fiéis da congregação.


Não é a primeira vez que o uso da “palavra de Deus” é apontado como causa de afastamento de atletas no futebol. Em 2010, o volante Roberto Brum também foi apontado por causar mal-estar no elenco do Santos por exigir discursos evangélicos na preleção. O caso nunca foi confirmado.


Ídolo da torcida gremista, Zé Roberto, 39 anos, não deve permanecer no Tricolor na próxima temporada. Desejado pelo São Paulo e pelo Flamengo, o jogador pretende atuar pelo menos mais uma temporada em alto nível antes de se aposentar. Neste último domingo, quando entrou no segundo tempo contra o Bahia, o jogador foi aplaudido de pé pelos torcedores presentes na Arena do Grêmio.




Fonte: Agência Futebol Interior/ Blog Libertos do Opressor

Nenhum comentário:

Postar um comentário