segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A Igreja apoiou a escravidão?

Ouvimos muito falar que a Igreja apoiava a escravidão dos negros, pregava que negros não tinham alma, etc... Toda essa baboseira ensinada por esses professorezinhos de história de cursinhos e de ensino médio não passa de uma mentira tremenda e descarada! Eles procuraram as fontes dessa informação? Não?! Então como se dizem historiadores? Até onde eu sei história é fonte primária e um historiador que se preze vai sempre atrás destas...

Em 1839 o Papa Gregório XVI escreveu a Carta Apostólica In Supremo [leia na íntegra aqui], onde começa explicando que desde o início do cristianismo a Igreja sempre incentivou o fim da escravidão (não o pôde fazer de vez, porém aos poucos a escravidão foi acabando na Europa. Ao ponto de durante a Idade Média não mais existir). Porém, alguns cristãos voltaram com esse terrível costume, escravizando índios e negros.

Cita, a seguir, os numerosos esforços dos papas da época em coibir o tráfico de escravos, dentre os quais:
- A Carta Apostólica de Paulo III, de 29/05/1537;
- A Carta Apostólica aos Bispos do Brasil, de 20/12/1741, dentre outras.

E termina dizendo:
Por essa razão nós, querendo fazer desaparecer o mencionado crime de todos os territórios cristãos, após madura consideração, recorrendo também ao conselho de nossos veneráveis irmãos cardeais da santa Igreja de Roma, seguindo a pegada de nossos predecessores, com a nossa apostólica autoridade, admoestamos e esconjuramos energicamente no Senhor todos os fiéis cristãos de qualquer condição que, doravante, ninguém, ouse fazer violência, desapropriar de seus bens ou reduzir seja quem for à condição de escravo, ou prestar ajuda ou favorecer àqueles que cometem tal delito ou querem exercitar o indigno comércio por meio do qual os negros são reduzidos a escravos - como se não fossem seres humanos, mas pura e simplesmente animais, sem nenhuma distinção, contra todos os direitos de justiça e humanidade -, são comprados, vendidos e constrangidos a trabalhos duríssimos.
Está aí! Fonte mais direta que essa impossível. É um documento da época escrito por um Papa que ainda evoca as pegadas de seus antecessores. Só tendo uma desonestidade intelectual enorme para negar isso.

Para terminar gostaria de deixar aqui uma aula do falecido Prof. Orlando Fedeli (que era meio maluco, mas um historiador de primeiríssima linha!) sobre o bem que a Igreja fez durante a Idade Média que desmascara tudo aquilo que aprendemos no Ens. Médio:



Fonte: Blog do Cláudio Loureiro
http://claudiocloureiro.blogspot.com.br/2012/10/a-igreja-apoiou-escravidao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário