domingo, 2 de fevereiro de 2014

Por que as pessoas mentem e trapaceiam?

cheating1
Não se iluda: as pessoas não mentem só quando vale a pena. Aquele papo de medir os ganhos e perdas antes de mentir ou passar alguém pra trás é balela.  A verdade é que todos mentem um pouquinho. E pelos mais diversos (e pequenos) motivos.
Para descobrir as motivações, pesquisadores da Universidade Duke, nos Estados Unidos, recrutaram voluntários para algumas provas. A primeira coisa que eles queriam ver era se aspessoas mentem mais quando podem ganhar muito dinheiro (e se as mentiras aumentam conforme o prêmio).
Então entregaram aos participantes um papel com 20 combinações de números. Eles tiveram cinco minutos para contar em quantas combinações a soma de dois números dava 10. Receberiam uma quantia pela quantidade de acertos. Fizeram a brincadeira duas vezes. Na primeira delas, ospesquisadores conferiam as respostas. Mas, na segunda, os jogadores só precisavam dizer quanto haviam acertado. E, olha só, na segunda vez eles ficaram mais inteligentes: o número de acertos passou de 4 para 6.
E não importa o valor do prêmio. Os pesquisadores colocaram mais dinheiro, e o índice de trapaça ficou praticamente igual. Na verdade até caiu um pouco. Os pesquisadores acreditam que a razão seja simples: consciência. Quando o dinheiro é maior as pessoas se sentem mal e culpadas por trapacear.
Fizeram mais e mais testes para saber o que, afinal, faz a gente mentir e trapacear. Colocaram um homem (um ator, mas ninguém sabia) que trapaceava descaradamente – com ele as pessoas se sentiram muito tranquilas para mentir. Também roubavam duas vezes mais quando o prêmio era menos concreto (tipo fichas que depois viram dinheiro) em comparação com as apostas que pagavam em dinheiro vivo, na hora. É pela mesma questão de consciência e integridade: se não pagam na hora, se trocam por ficha, parece que é brincadeira, não é dinheiro de verdade.
No fim das contas, eles listaram 8 coisas que estimulam a mentira: criatividade (afinal, é preciso ser criativo pra roubar sem pego), conflitos de interesse, habilidade para racionalizar (?), histórico pessoal de mentirinhascansaço (tipo “ah, cansei, vou roubar mesmo”), ver outras pessoas roubando, cultura que prega desonestidade e se a trapaça for para o bem (ou seja, se beneficiar o grupo todo, ou outras pessoas).
Também descobriram o que faz as pessoas mentirem menos: assinar um termo, fazer umapromessa de honra, ser lembrado sobre questões morais, e ser supervisionado. A pesquisarendeu até um info bonitinho, dá uma olhada:
infocheating1

Fonte: Site da Revista Superinteressante
http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/por-que-as-pessoas-mentem-e-trapaceiam/?utm_source=redesabril_jovem&utm_medium=twitter&utm_campaign=redesabril_super

Nenhum comentário:

Postar um comentário