terça-feira, 4 de março de 2014

Comunismo x Nazismo – Conheça o Partido Comunista Nazi que é apoiado pela USP

Jefferson Ulisses


nazismoEm outro artigo já falamos sobre a relação entre comunismo e Nazismo e pode ser visto aqui:

*Ana Caroline nos mostra a Relação entre Comunismo e Nazismo

Tem muito esquerdista criticando as ideias propostas no artigo, porém vamos ver um pouco sobre a realidade dos fatos:
Depois de um largo processo, a Suprema Corte Russa proibiu a criação do chamado Partido Nacional Bolchevique (PNB).
Em suas manifestações eles agitam bandeiras similares com as da Alemanha Nazi, porem, no lugar da suástica, ele colocam a foice e o martelo.
Muitos deles se juntaram ao partido depois da caída do muro de Berlin.
Os membros do Partido Nacional Bolchevique pegaram ideias e estética nazistas e soviéticas e seguem uma ideologia que nasceu nos anos vinte do século passado.
Quando protestam normalmente levantam o punho para o alto lembrando a saudação nazi. Algumas vezes fazem com a mão aberta.
Com as cabeças raspadas muitos deles gritam: “Russia é tudo, o resto não é nada”.
O nacional-bolchevismo prega um passado stalinista e pretendem criar um império euroasiático.
Se colocam contra o ocidente e pedem a união entre o comunismo, socialismo e fascismo em uma nova ideologia anticapitalista, antiliberal e antiindividualista.
Os “nazbol” também admiram o antigo ministro da Propaganda do III Reich Joseph Goebbels e o líder soviético Stalin.
Eduard Limonov, um dos fundadores do partido, falou sobre o caso:
“Este veredicto não é nenhuma surpresa para mim. Venho enfrentando o sistema judiciário russo há anos e já pressinto as sentenças pela composição dos juízes e até por intuição”, disse Limonov à imprensa, segundo a agência de notícias russa “Interfax”.
Limonov disse que “é só outra batalha judicial perdida”. Ele anunciou que apelará no Tribunal Europeu de Direitos Humanos, com sede em Estrasburgo.
“O PNB continua proibido, mas ninguém pode proibir seus militantes de se dedicarem à atividade política”, disse o escritor. O partido é o que tem mais militantes presos, por causa dos freqüentes protestos contra o Governo.
O nacional-bolchevismo é uma ideologia que prega um misto entre o fascismo e o comunismo de orientação stalinista, desenvolvida após a dissolução da União Soviética por Limonov e por Aleksandr Duguin.
A pouco tempo atrás aconteceu um debate entre Olavo de Carvalho e Aleksandr Dugin. Veja o site oficial do debate.

Para fundar a ideologia eles se inspiram nas ideias de Heinrich Laufenberg, veja um artigo escrito por ele em 1919.
Heinrich Laufenberg foi um comunista alemão e precursor do Nacional-Bolchevismo.
Nascido em 1872, Laufenberg depressa despertou para o mundo da política. Em 1909 decidiu aderir ao SPD (Partido Social-Democrata) de formação declaradamente de esquerda e marxista.
A partir das greves e motins que se verificaram por toda a Alemanha em 1918, resultando numa revolução, Laufenberg participou ativamente na mesma, sendo eleito presidente do Conselho de trabalhadores de Humburgo, cidade onde habitava desde 1908.
Desta forma, na companhia de Fritz Wolffheim, começa-se a desenhar aquilo que seria os primórdios do Nacional-Bolchevismo
Juntamente com Fritz Wolfheim, Laufenberg abandona o KPD e formam em 1920 o KAPD (Partido Comunista dos Trabalhadores da Alemanha).
Heinrich Laufenberg veio a falecer em 1932 devido a doença prolongada, praticamente esquecido pelos seus antigos companheiros, mas perdura como referência para os nacional-bolcheviques atuais.
O comunistas negam esta ligação entre Comunismo e Nazismo, contudo é muito comum ver estas ligações. E isto já acontecia na Alemanha nazista como vemos no caso de Heinrich Laufenberg que viveu naquela época e hoje é considerado uma das principais bases intelectuais do Partido.
Hoje podemos ver este ideal Comunista-Nazista encarnado em Aleksandr Dugin.
Dugin se uniu com Eduard Limonov e criaram a Frente Nacional-Bolchevique, em 1994, depois renomeado como Partido Nacional-Bolchevique. Dugin eventualmente afastou-se do PNB e aproximou-se de Vladimir Putin, tornando-se seu conselheiro.
A pouco tempo Dugin veio no Brasil e fez uma palestra na USP, que sabemos ser um reduto esquerdo/comunista aqui no Brasil. Veja o vídeo onde ele fala sobre sua visita:
Neste depoimento podemos enfatizar algumas coisas que foram ditas por ele:
Mais uma coisa me impactou durante a conferencia na Universidade de São Paulo. Eu vi, primeiramente, um auditório cheio, o que me espantou que o publico com interesse em Eurasianismo, na Quarta teoria Politica, multiporalidade, fosse tão numeroso em uma fileira completa, cheia de brasileiros com a camisa da “União da Juventude Eurasiana”, preta com estrela dourada, isso foi maravilhoso, simplesmente incrível: descobrir que a rede Eurasiana existe no Brasil no pleno sentido do termo.
Eu tive 6 livros lançados simultaneamente, inclusive meu duríssimo debate com o liberal/conservador brasileiro Olavo de Carvalho, seis livros, bastante atenção da mídia, debates, ambiente acadêmico, dezenas de professores, centenas de jovens. Foi um avanço intelectual, muito rico, um Eurasianista russo avançando por um Brasil em busca de identidade. Meus livros simplesmente voavam das prateleiras. Eu não dou tantos autógrafos assim já faz muito tempo, então eu acho que nós ainda estamos por descobrir muito do Brasil: intelectuais brasileiros, geopolítica brasileira, cultura brasileira, musica brasileira.
Como podemos ver no depoimento do Dugin a USP encheu um auditório para receber o Nacional Bolchevista que defende a união entre nazismo e comunismo. Estavam ali grupos com camiseta.
Ele também lançou seis livros em nossa língua e teve bastante atenção da mídia, debates, ambiente acadêmico, dezenas de professores, centenas de jovens. E ele não dava tantos autógrafos assim a muito tempo.
Como podemos ver comunismo e nazismo não apenas é a mesma coisa, más tem o total apoio da USP, um dos principais redutos esquerdistas do Brasil.
Ele também citou o Olavo de Carvalho com quem debateu. Como podemos ver um dos principais direitistas do Brasil é contrário às teorias de Dugin, ao mesmo tempo que os esquerdistas o apoiam de forma explicita.
E mais ainda, quando que o Olavo, no lançamento de um livro, teve bastante atenção da mídia, debates, ambiente acadêmico, dezenas de professores, centenas de jovens?
Como podemos ver o NaziComunismo está cada vez mais forte e tem um grande apoio aqui no Brasil.
Veja alguns vídeos:


Avatar de Jefferson Ulisses
Criador e Articulista do Liberdade Econômica
Visite meu site: http://jeffersonulisses.com/
Se quiser entrar em contato para perguntas ou sugestões basta usar este e-mail: contato@liberdadeeconomica.com

Fonte: Site Liberdade Econômica
http://liberdadeeconomica.com/home/2013/10/13/comunismo-x-nazismo-conheca-o-partido-comunista-nazi-que-e-apoiado-pela-usp/

Nenhum comentário:

Postar um comentário