segunda-feira, 10 de março de 2014

Livro escolar afirma que carnívoros são criminosos, roubam e cometem abusos sexuais.

Livro escolar adotado na Índia está causando polêmica no país ao afirmar que os carnívoros "roubam, mentem e comentem abusos sexuais" O livro, intitulado "Novos Caminhos Saudáveis: Saúde, Higiene, Psicologia, Educação Sexual, Jogos e Exercícios", é destinado aos alunos de 10 anos e publicado pela "famosa" editora infantil indiana S. Chand.
"Eles (os "não vegetarianos") facilmente roubam, dizem mentiras, esquecem suas promessas, são desonestos e dizem palavrões, além de roubarem, brigarem e cometerem abusos sexuais".
O chefe do departamento Central de Educação Secundária da Índia, Vineet Joshi, assegurou que "Não existe nenhum tipo de supervisão dos livros escolares".
Após tomar conhecimento da situação, o ministro indiano de Desenvolvimento de Recursos Humanos (ministério da Educação), M. Mangapati Pallam Raju, afirmou que se trata de um fato "infeliz", de "uma aberração isolada", segundo a agência local PTI. "No entanto, devemos ficar atento", completou Raju.
O vegetarianismo possui uma grande representação na Índia, já que o consumo de carne esteve historicamente condenado por algumas das correntes de sua religião majoritária, o hinduísmo.



Fonte: Site No Mundo e Nos Livros
http://www.nomundoenoslivros.com/2012/11/vegetarianos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário