quarta-feira, 21 de maio de 2014

Bullying na infância pode motivar suicídio 40 anos depois da agressão

A intimidação prejudica tanto a saúde física quanto a mental em idade tardia da vida
Do R7
A afirmação foi retirada de uma investigação feita por pesquisadores do King’s College de  Londres, que  acompanharam  7.771 crianças. Segundo reportagem do Daily Mail,  um quarto das crianças (28%) foram intimidadas entre os  7 e 11 anos . Os efeitos dos ataques seguiram até a idade de 50.O bullying na infância pode ter um impacto tão devastador que as vítimas consideram o suicídio 40 anos depois de sofrerem as agressões. 
A pesquisa aponta que a intimidação prejudica tanto a saúde física quanto a mental em idade tardia da vida e até mesmo pode afetar vivendo e padrões sociais.
O doutor  Ryu Takizawa, do instituto de psiquiatria do Kings College de Londres, comenta:
— Nosso estudo mostra que os efeitos do bullying ainda são visíveis quase quatro décadas depois de terem sido vivenciados. O impacto do assédio moral é persistente e generalizado, com consequências sanitárias, sociais e econômicas duradouras na idade adulta.
O estudo, publicado no American Journal of Psychiatry, também revelou que as vítimas das intimidações têm níveis de escolaridade mais baixos. Os homens que foram intimidados demostraram maior probabilidade de ficaram desempregados e de ganharem menos  do que as pessoas que não foram agredidas.
As vítimas de bullying também estão menos propensas a permanecerem  num relacionamento amorosos, além de terem  níveis mais baixos de satisfação com suas vidas.

Fonte: Portal R7
http://noticias.r7.com/educacao/noticias/bullying-na-infancia-pode-motivar-suicidio-40-anos-depois-da-agressao-20140420.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário