sábado, 12 de julho de 2014

Milagre do deus da Copa: Após sofrer fratura na vértebra, Neymar fica curado em menos de 10 dias e carrega mochila nas costas

A Dra. Junqueira disse que quem sofre fratura na vértebra só pode voltar a andar no prazo de 16 dias contrariando a recuperação milagrosa do Neymar que após suposta fratura de Coluna Vertebral 


O jogador Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra lombar depois de levar uma joelhada de nas costas na partida em que o Brasil venceu a Colômbia por 2 a 1. O jogo seguiu depois e o atleta colombiano não recebeu cartão.

O fatídico lance aconteceu nas quartas de final da Copa do Mundo, no jogo contra a Colômbia, quando Zuñiga acertou o brasileiro com uma joelhada, na segunda etapa do jogo, em que Neymar ficou fora da Copa, e teria seis semanas para voltar a jogar. 

Neymar foi examinado logo depois do jogo ainda na clínica do estádio. Logo depois, seguiu para uma clínica particular em Fortaleza acompanhado de José Luiz Runco, médico da seleção. Ele saiu de maca da partida, chorando, e chegou chorando na Clínica São Carlos, já com medicamento na veia.

 A previsão de recuperação é de quatro a seis semanas, logo, Neymar não pode ficar pronto a tempo de disputar uma possível final ou jogo pelo terceiro lugar. "É uma fratura que evolui. Não tem condição de jogar na próxima semana. São poucas semanas para recuperação. Terceira vértebra lombar, no processo transverso. Tempo nós vamos ver depois. Primeiro momento é fazer o diagnóstico e vamos ver o que vai acontecer. Precisamos do resultado desses exames", diz  o médico da CBF Rodrigo Lasmar. 

Neymar então voltou para casa, passou alguns dias ao lado da família, e desde a quinta-feira  está novamente de volta ao grupo, para dar uma força aos companheiros depois da humilhante derrota por 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais.


Neymar e Hulk na chegada a Brasilia
  (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)
Nesta sexta-feira, o jogador desembarcou com o restante do grupo em Brasília, onde o Brasil encara a Holanda, no sábado, pela disputa de terceiro lugar.  A chegada da Seleção à capital federal foi marcada por apoio irrestrito dos torcedores.

A atmosfera era de descontração, ao contrário do clima pesado vivido pela Seleção desde a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, na última terça, em Belo Horizonte. As crianças davam o tom da festa. Festa? Sim, para elas era uma festa. Corriam, brincavam, gritavam o nome dos principais ídolos e alguns até cantavam “É campeão”.

Camisas, bandeiras e cartazes com mensagem de incentivo também reforçavam o carinho do público. Até uma bandinha marcou presença para deixar o ambiente ainda mais animado. A presença de torcedores surpreendeu até o policiamento, que precisou triplicar o número de homens no local (de 20 para 60).

Mas uma foto postada pela CBF do desembarque do ônibus para o hotel gerou questionamento por parte dos internautas nas redes sociais. Na imagem, Daniel Alves aparece em primeira plano, sorrindo, e um pouco mais atrás, ao fundo, Neymar, com o uniforme de viagem da Seleção, aparece com fones de ouvido e carregando uma mochila nas costas. 

Segundo a Dra. Danictieli Junqueira Caleman, as lesões isoladas de processo transverso de vértebra lombar, o tempo médio para voltar a andar é de 16 dias. Ma o aconteceu um milagre do deus da Copa, por que após sofrer uma fratura na vertebral, Neymar fica curado em menos de 10 dias e carrega mochila nas costas. 

Sobre o caso, o internauta questionou:"O Neymar  está com uma fratura na vértebra e carregando uma mochila?". Veja que o tempo de recuperação de Neymar, segundo os médicos, é de até seis semanas. O jogador foi cortado da Copa do Mundo na mesma noite que o Brasil venceu a Colômbia.

Tudo bem o Neymar usar mochila, mas para quem sofreu uma fratura, em menos de dez dias já carregando mochilas nas costas, todos sabem que o médico disse que ele só estaria pronto para o jogo depois de 6 meses e de acordo com a Drª., o paciente de fratura leve na vétebra só pode voltar a andar após 16 dias, mas o Neymar milagrosamente já está andando normalmente e ainda está com uma fratura na vértebra e carregando uma mochila? 

Outros internautas questiona não só o uso da mochila do Neymar, mas colocou sobre duvidas a leão do jogador e a derrota da Seleção e o por que levou de 7 a 1, tudo armação, que fez o Brasil levar uma goleada na última terça (08). Outra coisa,  os jogadores da Seleção Brasileira são muito mal educados! Vejam que na foto, registro do jornal Correio Braziliense no início da tarde desta sexta (11). Nela, é possível observar que nenhum dos 'companheiros' de Neymar se dispôs a carregar a pesada mochila da Nike, mesmo sabendo que o 'craque' fraturou uma vértebra da coluna e, "por dois centímetros, poderia ter ficado paraplégico". Uma mochila dessa, naquela escorregadia camisa da Vivo, pode ter consequências catastróficas para alguém nas condições de saúde do rapaz. E não apareceu um 'companheiro' para ajudar a carregar esse 'peso'. Sacanagem, ou o Neymar está mentindo né?!


A propósito, para que não restem dúvidas sobre a foto que ilustra este post, segue aqui outra foto desta sexta (11) e a 'fatídica' mochila, registro do fotógrafo Rafael Ribeiro, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), publicada no portal da Globo, na parte destinado ao Globo Esporte.

A credito que houve lesão. As imagens não deixam dúvidas quanto a bordoada que o moço levou no meio da coluna. Agora, se houve tamanha gravidade, não sei... Há muito tempo jogo em campo é apenas um pequeno detalhe do Futebol. A maior fração da história restou aos que bancam a 'festa', ópio de um povo. Não sou desses que se rende a teorias conspiratórias. Mas, mantenho a lucidez para observar que dinheiro move a humanidade e sua manipulação determina as 'neodefinições' de "heróis". Os "heróis" de hoje são apenas "marcas".

Veja que com uma fratura na terceira vértebra lombar, o atacante Neymar ficou fora da Copa do Mundo e em menos de 10 dias aparece com uma mochila nas costa como se nada tivesse acontecido com ele.

O portal de Cleber Toledo publico um matéria importanta que todos os torcedores deveria lê para ver as contradições da lesão do Neymar, que contraria a ciência médica e que sua postura em carregar uma mochila em menos de 10 dias demonstra que tudo pode ter sido fraudes, essa lesão que logo após veio a derrota da seleção. A Dra. Junqueira disse que quem sofre fratura na vértebra só pode voltar a andar no prazo de 16 dias contrariando a recuperação milagrosa do Neymar que após suposta fratura de Coluna Vertebral.

Acompanhe a integra da matéria:

Fratura de Coluna Vertebral – Saiba mais sobre a lesão do Neymar


A pedidos de internautas e amigos, seguem algumas considerações acerca da lesão sofrida por jogador Neymar Júnior durante o jogo Brasil x Colômbia, pelas quartas de final da Copa do Mundo da Fifa 2014, no Brasil.

Fratura de processo transverso da vértebra L3 – Causas e consequências diretas e indiretas

A lesão em fratura do processo transverso de vértebras lombares não é tão rara, mas muitas vezes é negligenciada. A lesão sofrida pelo jogador Neymar é comum quando se sofre um trauma violento na coluna lombar. Na verdade, das fraturas possíveis na vértebra, ela é a menos grave, não afeta nervo nem nada, e costuma se resolver sem sequelas após 4 a 8 semanas, contanto que seja tratada adequadamente.

O problema é quando o paciente não teve um trauma ou causa diretamente associada e procura um profissional apenas com sintomas de contratura e dor, ou quando procura um fisioterapeuta que negligencia a possibilidade dessa fratura e realiza manobras bruscas na coluna lombar desse paciente, portanto, há a necessidade de conhecimento clinico e associação com exames de imagem do paciente.

“Em casos de histórico de trauma na coluna associada a dor persistente, existe a possibilidade de fratura. E mais um detalhe: a fratura do processo transverso de vértebra lombar é indicativo de que podem haver outras lesões associadas.”

Como ocorre a fratura do processo transverso da coluna vertebral

Para maiores informações, sugestões,
 duvidas e contatos, visite nossa Fan Page
Dra. Danictieli Junqueira Caleman
Geralmente a fratura ocorre pela contração muscular, não necessariamente pelo impacto direto. Diferente do que se possa pensar, provavelmente não foi o impacto do joelho do jogador colombiano sobre a coluna do Neymar que ocasionou a fratura do processo transverso esquerdo de L3 (terceira vértebral lombar), mas sim a força de tração exercida pelos músculos que ficam entre as vértebras, durante o impacto.

E as pesquisas comprovam que ele é capaz de exercer força suficiente para provocar a fratura do processo transverso de vértebras lombares, como aconteceu no caso de Neymar.

A lesão poderia ser pior

Devido ao Neymar ter musculatura de atleta, no momento do impacto do joelho do colombiano sobre a coluna, a reação dele foi uma contração muito rápida dos músculos locais, particularmente o esquerdo, o que ocasionou a fratura já citada. Mas essa contração também serviu para proteger os órgãos do abdome, particularmente o rim esquerdo, os ureteres e o baço.

Esse tipo de lesão secundária acontece em 55,7% dos casos em que ocorre fratura isolada do processo transverso de vértebra lombar, como foi o caso do jogador. Uma lesão visceral agravaria o quadro e poderia prolongar a sua recuperação. A explicação para ele não ter machucado as vísceras é que, por ser atleta de alto nível, sua musculatura tem uma resposta mais rápida e mais forte do que a população geral, o que o protegeu de uma lesão mais grave.

Tratamento e Recuperação

1. Lesões isoladas de processo transverso de vértebra lombar - tempo médio para voltar a andar é de 16 dias;

2. Após 2 meses – Retorno das atividades sem dor e sem sequelas

Cuidados Necessários

• Durante o período em que o osso não está consolidado, não se deve movimentar a região, sob o risco de interferir e retardar o processo de cicatrização óssea;

• Orienta-se o uso de cinta ou colete abdominal, de modo que a musculatura não seja solicitada para manter a estabilidade lombopélvica;

• Esses pacientes não devem permanecer muito tempo em repouso no leito, mas devem andar assim que não sentirem dor (ou dor mínima) ao movimento;

• A lesão muscular deve ser tratada precocemente, pois ela pode gerar muitas aderências, principalmente se a imobilização for prolongada

Tratamento Fisioterapeutico

A manipulação com ”thrust” articular é contraindicada enquanto não houver consolidação óssea comprovada. A mobilização dos tecidos moles associada aos recursos eletrotermoterapeuticos ou laserterapia, podem acelerar a recuperação e o retorno às atividades, desde que respeitados a imobilização necessária, ou seja que deve acontecer de maneira natural, sem forçar. O tempo médio de retorno ao esporte para atletas de futebol que sofrem esse tipo de lesão isolada é de 3,5 semanas.

“Nos dedicamos em receber nossos pacientes, acompanhá-los, escutá-los e tratá-los com profissionalismo e carinho. Priorizamos vários detalhes desde o espaço físico, a higiene, os equipamentos ate os atendimentos, sob a ótica de quem se dedica em aliviar a dor e gerar qualidade de vida, para cultivar sorrisos de satisfação. São cuidados que se sente...”




Abaixo reproduzo o texto da Gazeta Esportiva, que é de Silvio Junio, sobre o titulo:"Copa 1998 - Divulgado o escândalo que todo mundo suspeitava!", veja a integra abaixo:

COPA 1998 - DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA!


Talvez, isso explique a razão do jogador Leonardo ter declarado a seguinte frase: "Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo, ficariam enojadas". Todos os brasileiros ficaram chocados e tristes por terem perdido a Copa do Mundo de futebol, na França. Não deveriam. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e o Gazzeta delo Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos. 

Fato comprovado: O Brasil VENDEU a copa do m undo para a Fifa. Os jogadores titulares brasileiros foram avisados, às 13:00 do dia 12 de Julho (dia do jogo final), em uma reunião envolvendo o Sr. Ricardo Teixeira (na única vez que o presidente da CBF compareceu a uma preleção da seleção), o Técnico Mário Zagallo, o Sr. Américo Faria, supervisor da seleção, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Nike. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o penta-campeonato mundial por sediar a Copa do Mundo.

  A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$70.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$400.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comissão, num total de US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares) através da empresa Nike. Além dis so, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Nike nos próximos 4 anos terão as mesmas bases de prêmios que os jogadores de elite da empresa, como o próprio Ronaldo, Raul da Espanha, Batistuta da Argentina e Roberto Carlos, também do Brasil.

  Mesmo assim, Ronaldo se recusou a jogar, o que obrigou o técnico Zagallo a escalar o jogador Edmundo, dizendo que Ronaldo estava com problemas no joelho esquerdo (em primeira notícia divulgada às 13:30 no centro de imprensa) e, logo depois, às 14:15, alterando o prognóstico para problemas estomacais). *A sua situação só foi resolvida após o representante da Nike ameaçar retirar seu ** patrocínio vitalício ao jogador, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa ** milhões de dólares) ao longo da sua carreira. 

Assim, combinou-se que o Brasil seria derrotado durante o 'Golden Goal' (prorrogação com morte súbita), porém a apatia que se abateu sobre os jogadores titulares fez com que a França, que absolutamente não participou desta negociação, marcasse, em duas falhas simples do time brasileiro, os primeiros gols. O Sr. Joseph Blatter, novo presidente da Fifa, cidadão franco-suíço, aplaudiu a colaboração da equipe brasileira, uma vez que o campeonato mundial trouxe equilíbrio à França num momento das mais altas taxas de desemprego jamais registradas naquele país, que serão agravadas pela recente introdução do euro (moeda única européia) e o mercado comum europeu (ECC).

Garantiu, também, ao Sr. Ricardo Teixeira, através de seu tio, João Havelange,** que o Brasil teria seu caminho facilitado para o penta-campeonato de 2002. *Por gentileza passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, ** para que todos possam conhecer a sujeira que ronda o futebol! Desde, já agradeço, Um abraço. Gunther Schweitzer Central Globo de Jornalismo .



Fonte: Blog do Gari Martins da Cachoeira 
http://martinsogaricgp.blogspot.com.br/2014/07/milagre-do-deus-da-copa-apos-sofrer.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+BlogDoGariMartinsDaCachoeira+(Blog+do+Gari+Martins+da+Cachoeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário