terça-feira, 29 de julho de 2014

Os caminhos partidos dos vlogueiros Felipe Neto e PC Siqueira

Por : Pedro Zambarda de Araujo


Felipe Neto e PC Siqueira
Felipe Neto e PC Siqueira
Em 2010, a internet brasileira foi revirada pelo fenômeno dos vlogueiros no YouTube. Com linguagem acessível, agressivos, Paulo César Siqueira e Felipe Neto discutiam assuntos os mais variados em vídeos que atraíram milhões de espectadores. Após quatro anos de atividades, os dois acabaram trilhando caminhos diferentes.

PC Siqueira estourou desabafando sobre sua vida pessoal e falando sobre seus gostos no canal “Mas Poxa Vida”. Tatuado, estrábico, ele atraiu um público nerd e retraído. A televisão obviamente se interessou por PC e ele foi trabalhar na MTV. O sucesso não o acompanhou na televisão.

Ficou na emissora até seu fechamento, em 2013. Voltou para o YouTube, com seu vlog pessoal e uma programação gastronômica no “Rolê Gourmet”. Fez participações no programa “Piloto”, promovido pelo site da revista Carta Capital.

Felipe Neto explodiu criticando os filmes da franquia “O Crepúsculo” no programa “Não Faz Sentido”. Foi trabalhar no Multishow e no Esporte Espetacular da TV Globo. Também voltou então para o YouTube, criando a empresa Paramaker, que gerencia os canais Parafernalha, TGS Brasil, Canal Top, entre outros. Ele acredita que poderá profissionalizar os vlogueiros da internet brasileira. Chegou a ter um contrato com a Netflix.

PC Siqueira já declarou publicamente que é uma pessoa de esquerda, enquanto Felipe Neto não poupa críticas ao PT e ao governo Dilma. PC foi xingado de comunista, petralha e outros termos semelhantes. Felipe foi chamado de reacionário, direitista etc. Os dois foram para espectros políticos distintos.
Seus perfis são influenciadores na internet brasileira. Felipe Neto alcançou 1 milhão de pessoas inscritas em seu canal de YouTube em 2012, há dois anos, e tem 2,2 milhões de fãs no Facebook, além de 2,8 milhões de seguidores no Twitter. PC Siqueira tem 1,3 milhão de seguidores no Twitter, além de 1 milhão de fãs no Facebook.

O DCM conversou com os dois vlogueiros. Confira.


Felipe Neto 

Você disse em um vídeo que odeia o governo Dilma. Como o atual governo o prejudicou?

O governo do PT não me atingiu de maneira alguma. Nos últimos quatro anos eu prosperei mais do que poderia imaginar mesmo nos meus sonhos mais otimistas, mas minha crítica ao PT não é consequência do que eles podem ter feito contra mim, mas para a sociedade brasileira como um todo e, principalmente, a longo prazo. Programas assistencialistas mal executados, além da maquiagem dos números e da realidade para fazer o Brasil parecer que está muito melhor ao olhar estrangeiro. O descaso na Saúde, o caso Petrobras, a inflação, o avanço de 1% do PIB e a posição de terceiro pior país em educação segundo a Economist são assuntos que me chamam atenção de cabeça.

A sua opinião do PT está relacionada com a gestão do PMDB no Rio de Janeiro?

Eu ainda não vivi muitos governos, mas posso dizer com segurança que nada foi pior que a combinação de Sérgio Cabral e Eduardo Paes no Rio de Janeiro. O estado e a cidade estão completamente entregues às empreiteiras e às empresas de transporte, a repressão é monstruosa, a segurança está na lama e o tráfico foi inteiramente escoado para as áreas que mais tem necessidade de investimentos. Tivemos a chance de melhorar isso, mas a massa ignorante preferiu reeleger Eduardo Paes a dar uma chance a Marcelo Freixo. A situação por aqui é muito preocupante. Pra mim, o PMDB é o maior câncer existente na política brasileira.

Você assumiu publicamente que votou em Marina Silva em 2010. Em quem vai votar agora?

Eu preciso ser sincero. Como decidir? Como alguém pode colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo sabendo que votou em Dilma, Aécio ou Campos? Eu não conseguirei. Terei de escolher, não tem jeito, mas a Dilma já está absolutamente fora da disputa do meu voto.

Quando você saiu da Globo, você criticou fortemente a emissora. Você mantém as críticas ao tipo de televisão que é feito no Brasil?

Todos os dias, sempre. Estamos perto de vivenciar o fim do monopólio do entretenimento e da informação por parte da Rede Globo no Brasil. O da informação já está acabando, falta o do entretenimento, que está muito bem encaminhado.

Você sabe que suas opiniões políticas influenciam seus seguidores nas redes sociais?

Sim, e sempre fui muito aberto quanto a isso. Bato na tecla ao dizer “pesquisem, não confiem inteiramente em mim, porque eu falo muita merda”.

O que você acha dos protestos e das prisões no Rio de Janeiro?

Sou a favor dos protestos, mas não dos Black Blocs, pois eles abrem brecha para o autoritarismo mascarado com apoio da população, além da infiltração policial. É preciso investigar com seriedade as prisões cometidas ao longo de todas essas confusões, pois não dá pra confiar no autoritarismo do estado. O que o Sérgio Cabral mandou fazer durante as manifestações foi algo sujo e nojento. Eu vi, na frente do meu prédio, uma mulher de meia idade levar um soco nas costas de um PM enquanto passava pelo local.

PC Siqueira 

Você fez aquele vídeo sobre o que é ser de direita e o que é ser de esquerda. Tem alguma preferência partidária?

Partidária não. Mas acho que posso me considerar como o famigerado e odiado “esquerdista”.

Você acredita que o PT foi injustiçado de alguma forma no julgamento do mensalão?

Acho que os crimes têm que ser pagos na justiça. Quem comete um crime tem que ser julgado e condenado. No caso do mensalão, eu acredito que existiram uns exageros e intenções além da justiça pura e simples. Mas não defendo quem tem crimes com provas que cometeu.

Você acha que a direita deturpou as Jornadas de Junho, que ocorrem há um ano?

Os protestos? A mídia deturpa e utiliza tudo o que pode a seu favor. Muito do “sem partido” que virou a maioria da massa no protesto foi sim muito influenciada pela mídia, que é de direita.

Você tem críticas ao PT?

Muitas. Não sou petista, apesar de vocês acharem que eu sou.

Você sabe que suas opiniões políticas influenciam seus seguidores na internet?

Eu espero que sim, pois falo o que acredito num ambiente que geralmente vai contra tudo o que acredito.

O que você acha dos protestos e das prisões que ocorreram durante e depois da Copa?
Prender manifestantes como se fossem terroristas é preocupante e lamentável para o Brasil. Não tenho tantas informações sobre as prisões no Rio de Janeiro, mas esses abusos são sim lamentáveis para o país.


Fonte: Diário do Centro do Mundo
Blog do Gari Martins da Cachoeira
http://martinsogaricgp.blogspot.com.br/2014/07/os-caminhos-partidos-dos-vlogueiros.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+BlogDoGariMartinsDaCachoeira+(Blog+do+Gari+Martins+da+Cachoeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário