sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Edir Macedo: da macumba ao judaísmo

Edir Macedo

O adjetivo “obstinado” pode definir o perfil do líder da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), Edir Macedo, criada nos inícios dos anos 80. A Igreja que teria, a princípio, o nome de Igreja Católica do Reino de Deus arrebanhou uma multidão de pessoas sedentas pelo anúncio da Palavra de Deus. Não demorou muito para surgir escândalos sobre os líderes da instituição.

Na dimensão espiritual, o “demônio” era o grande protagonista dos programas da denominação protestante comprados a peso de ouro na televisão. Eram verdadeiras entrevistas diárias com pessoas supostamente possuídas por Belzebul.

Sucederam aos cultos de possessão, as correntes com temas e termos bem parecidos com os utilizados na macumba e candomblé, prática religiosa de origem afro-brasileira sem consonância com o Evangelho. Foi neste tempo que surgiram as sessões do descarrego, o sabonete de arruda ungido, os banhos e os objetos cheios de superstição.

Passada a fase e a constante perda de fieis, Edir Macedo conduz o rebanho, cada vez menor, a outra vertente religiosa. O líder da IURD empreendeu a construção de uma réplica do Templo de Salomão. Deixou a barba crescer e em cultos, na atual sede da Igreja, usa um manto sobre os ombros assemelhando-se a um rabino.

De Salomão, Edir Macedo não tem muita semelhança. O personagem bíblico salvou uma criança de ser morta por uma falsa mãe; já o líder da IURD se pronunciou a favor do aborto em alto e bom som.




Fonte: Blog O Diário Alexandrino
http://macabeuscomunidades.blogspot.com.br/2014/08/edir-macedo-da-macumba-ao-judaismo.html

Um comentário: