domingo, 9 de dezembro de 2018

Talibã Gospel


Adriano Couto

30/11/2018


Leite convida MDB para participar do governo do Estado. Nada mais natural, nenhuma surpresa. Como diz o Eclesiastes, não há nada de novo debaixo do sol.

Arthur Weintraub, da equipe econômica do novo governo, sugeriu restringir o acesso ao benefício assistencial pago pelo governo a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. Propôs elevar a idade mínima dos beneficiados de 65 para 85 anos.

Ideologias preocupam mais o novo governo do que a corrupção. Isto se deve ao fato de muitos integrantes desta gestão crerem em teorias bizarras, malucas e absurdas, propagadas por um astrólogo insano que está radicado nos EUA, que de lá fica atiçando os incautos que aqui estão.

Pastor Marco Feliciano é indicado pela bancada evangélica para Ministério da Cidadania. Conhecido pelo discurso misógino, homofóbico e racista, Feliciano, já foi acusado de estupro. A referida pasta abrange Direitos Humanos, Cultura, Esportes e Desenvolvimento Social.

Um governo que sofre influência direta de figuras como Magno Malta, Edir Macedo, Silas Malafaia e do próprio Marco Feliciano, faz com que outros credos não cristãos, ateus e até mesmo aqueles cristãos não alinhados com o pentecostalismo e o neopentecostalismo, corram sérios riscos de sofrer com a intolerância religiosa. O caráter laico do Estado está sendo posto em xeque. Estamos às portas de um Talibã Gospel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário